Técnico da seleção brasileira Tite revela que foi abordado pelo PSG em 2018

Tite, o técnico do Brasil, revelou em entrevista ao Guardian que o PSG queria discutir com ele em 2018, para substituir Unai Emery.

Tite poderia ter sentado no banco do Paris Saint-Germain? Isso é, de qualquer forma, o que garante o atual técnico do Brasil. No cargo desde 2016 à frente da Seleção, ele explicou em entrevista concedida no Guardião que o PSG o havia abordado em maio de 2018.

“Eles queriam falar comigo, mas eu disse que não, não quero, não vou fazer isso”, explicou. Eu disse a eles ‘não quero considerar nada (além da seleção). estar focado no meu trabalho. Depois veremos, isso é outra história.”

Tite quer focar na Seleção

Na época, Tite se preparava para disputar a Copa do Mundo na Rússia com o Brasil, finalmente eliminado nas quartas de final contra a Bélgica. “Quero estar em paz comigo mesmo e com meu trabalho. Dou tudo o que posso. Quando você faz algo em paralelo, não dá tudo. Eu não posso fazer isso”, justificou Tite sobre suas recusas em vir treinar na Europa.

Mais uma vez, Tite anunciou seu desejo de vencer a Copa do Mundo, após o que pode considerar uma aventura no banco europeu. Para isso, as boas atuações da Seleção no Catar no final do ano serão decisivas.

READ  Ajax, Brasil: a ascensão irresistível de Antônio

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *