Um cachorro foi ferido por um “tiro festivo” no dia de Ano Novo nos Estados Unidos

Um cachorro foi ferido por um “tiro festivo” no dia de Ano Novo nos Estados Unidos

Um cachorro foi baleado e morto na véspera de Ano Novo na Geórgia, após ser atingido por “tiros festivos” que se acredita terem sido disparados por alguém que participava de uma festa de fogos de artifício.

Um homem estava participando de uma festa de Ano Novo em Savannah, Geórgia, quando seu animal de estimação de repente começou a pular e seu dono percebeu que o suéter que seu cachorro usava estava tingido de vermelho e tinha um buraco em algum lugar, informou a CNN.

“Eu sabia que era possível, mas não pensei que fosse possível”, diz Frank, o dono do cachorro chamado Gus. Percebi que se fosse eu sentado ali, provavelmente estaria morto.

Imagens de raios X identificaram a localização da bala no quadril do animal.

Cinco dias depois, Gus conseguia se movimentar como se nunca tivesse se machucado.

A polícia de Savannah diz que o que aconteceu na véspera de Ano Novo constitui um tiroteio.

“Quando respondemos a um chamado de tiros, não encaramos levianamente, dizemos a nós mesmos que é dia de Ano Novo e que as pessoas estão se divertindo”, explica a policial Jessica Pippin. “É contra a lei.”

As autoridades responderam a cerca de 15 chamadas de tiros disparados nesta área na manhã de 1º de janeiro.

Veja a filmagem no vídeo acima

READ  É improvável que Trump seja indiciado em Manhattan

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *