Um canal e uma estrada usados ​​pelos romanos foram descobertos na Holanda

Haia | Arqueólogos holandeses disseram, na quarta-feira, que dois caminhos visíveis que datam da era romana, um canal com mais de dez metros de largura e uma estrada, foram descobertos na semana passada no leste da Holanda.

A descoberta aconteceu na cidade de Oosterhout, perto de Nijmegen, que foi uma cidade importante na época dos romanos e hospedou acampamentos militares permanentes registrados desde terça-feira como Patrimônio Mundial da UNESCO.

A estrada exposta e o aqueduto têm cerca de 2.000 anos e foram construídos e usados ​​pelo exército romano. É uma descoberta “única” do leste da Holanda, animado em uma declaração do Escritório Arqueológico Holandês RAAP.

A cidade de Nijmegen está localizada às margens do Reno, que na época representava a fronteira do Império Romano. Muitos soldados romanos estavam estacionados ao longo do rio. O canal provavelmente conectava Nijmegen e o Reno e era usado para transportar soldados, suprimentos e materiais de construção.

A larga estrada descoberta, cujo revestimento original de cascalho foi preservado, nos permite aprender mais sobre a malha rodoviária há cerca de 2.000 anos, disse Eric Nord, o líder do projeto, à AFP.

Os Limes da Baixa Germânia, compostos por sítios militares, civis e de infraestrutura nas fronteiras do Império Romano, localizados hoje na Alemanha e na Holanda, foram listados na terça-feira como Patrimônio Mundial da UNESCO.

O Sr. Nour Al-Arba’d espera que esta descoberta possa um dia fazer parte deste legado.

READ  Milhares de republicanos estão deixando o navio

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *