Um novo aumento na taxa básica de juros

Banco central aumenta a taxa básica de juros em um ponto para 5,25%

O banco central do Brasil aumentou na quarta-feira sua taxa básica de juros em 1,5 pontos, para 9,25%, o nível mais alto desde julho de 2017, em uma tentativa de conter a inflação galopante, apesar da desaceleração econômica.

É o sétimo aumento consecutivo dessa taxa, que atingiu o mínimo histórico de 2% no início do ano. A decisão, tomada por unanimidade pelo Comitê Monetário do Banco Central (Copom) em sua última reunião do ano, está em linha com as expectativas dos analistas. Cobum disse em nota que está estudando o assunto “Igualmente aumentado” Para sua próxima reunião, no início de fevereiro, em face da inflação “ainda alto”.

Já em outubro, o banco central elevou a taxa básica de juros em 1,5 ponto (para 7,75%), a maior alta em 19 anos, na tentativa de conter a contínua alta dos preços. “Acreditamos que manter essa taxa de aumento em 1,5 ponto pode ajudar a conter a inflação.”, Estima quarta-feira Banco Itao, em que ainda existem altas de preços ‘Muito importante e esparso’ em diversos setores da economia.

A inflação deve aumentar ainda mais

Em uma base acumulada de 12 meses em outubro, a inflação foi de 10,67% na maior economia da América Latina. Ela atingiu 8,24% desde o início do ano, com aumentos notáveis ​​nos preços dos combustíveis e dos alimentos aumentando as dificuldades enfrentadas pelos mais pobres. Segundo estimativas do banco central, a inflação deve permanecer em 5% no próximo ano. Nesse caso, será o segundo ano consecutivo em que a meta de 3,5% da autoridade monetária é superada, com o máximo de 5%.

READ  Um fanático por café vai trabalhar no Haut-Shippagan

O Brasil entrou em recessão no terceiro trimestre, com uma contração de 0,1% do PIB em grande parte atribuída à queda na produção agroalimentar, um setor-chave no Brasil. Este é o segundo trimestre consecutivo de queda, após uma contração de 0,4% do PIB no trimestre anterior, que interrompeu a notável recuperação após o choque da crise de saúde. O Brasil segue lutando contra o desemprego que, se em queda, ainda atinge 13,5 milhões de pessoas e atingiu 12,6% no terceiro trimestre.

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *