Uma jovem mordida por um tubarão na Flórida, ataques repetidos

Os tubarões aumentam na Flórida, assim como os ataques, como o da jovem que foi vítima.

Uma garota americana de 17 anos pescando mariscos no Golfo do México, noroeste da Flórida, foi atacada por um tubarão selvagem na perna direita. O monstro inicialmente soltou sua vítima, antes de retomar o ataque novamente.

Em seguida, o irmão da jovem, bombeiro de 22 anos, brigou com o animal na tentativa de libertar a irmã de suas garras, e conseguiu assustá-lo.

Ele então carregou sua irmã no barco e deu os primeiros socorros antes de levá-la ao hospital. Não sabemos no momento se sua perna pode ser curada.

De acordo com muitos especialistas, parece que “não há mais no momento, mas estamos dando mais”, explica Marie Poupart, colaboradora da TVA na Flórida.

Novas tecnologias e avanços técnicos permitem melhor indicar e contabilizar o número de acidentes.

Ela acrescentou que na Flórida, no entanto, encontramos o maior número de ataques desde “em 2020-21, houve 73 ataques de tubarão no mundo, incluindo 47 nos Estados Unidos, e desses 47 ataques, 28 foram na Flórida”.

Várias medidas devem ser tomadas para evitar ser atacado:

1) Não nade sozinho

2) Sempre nade perto da praia

3) Não nade de manhã cedo ou tarde da noite

4) Não nade perto de cardumes de peixes

5) Não use joias

Em caso de ataque, você deve:

1) O grau de contato visual

2) Saia lentamente da água

3) Acerte-o no focinho

READ  Geórgia | Primárias desafiam a influência de Trump sobre os republicanos

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *