Variável Omicron | A OMS pede ‘manter as fronteiras abertas’

(Brazzaville) L’Organisation mondiale de la santé (OMS) a appelé dimanche à ce “que les frontières restent ouvertes”, todas as restrições de viagens vers les pays africains se rosto multiplicador à propagation du nouveau variant du coronavirus, Omicron, No mundo todo.


A organização disse em comunicado que a Organização Mundial de Saúde está ao lado dos países africanos e apela para que as fronteiras sejam mantidas abertas, apelando aos países que “adoptem uma abordagem científica” baseada na “avaliação de risco”.

A Organização Mundial da Saúde urge “a importância de apoiar os países que sejam transparentes sobre seus dados, pois esta é a única maneira de garantir que recebamos dados importantes em tempo hábil”.

As autoridades de saúde da África do Sul, que alertaram para a existência desta alternativa na África do Sul, disseram que essas medidas para proibir voos, que afetam a economia e o turismo, podem dissuadir os países no futuro de relatar a descoberta de futuras variantes por medo de encontrando-se punidos. O país deles.

Desde então, muitos países, especialmente europeus, proibiram voos de países sul-africanos. Na sexta-feira, Estados Unidos, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos fecharam suas fronteiras para cidadãos de países desta região da África.

Angola é o primeiro país africano a decidir proibir voos de e para a África do Sul.

A África do Sul relatou pela primeira vez em 24 de novembro que uma nova variante do coronavírus chamada “Omicron” foi considerada “preocupante” pela Organização Mundial de Saúde. Pode representar um risco aumentado de infecção em comparação com outras variantes, incluindo delta, prevalente e já altamente contagiosa.

READ  ONU pede trégua 'imediata' em Mariupol

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *