A SpaceX recebeu luz verde para lançar seu foguete Starship na sexta-feira

A SpaceX recebeu luz verde para lançar seu foguete Starship na sexta-feira

(Washington) O regulador da aviação dos EUA, a Administração Federal de Aviação (FAA), deu luz verde na quarta-feira para que a empresa aeroespacial de Elon Musk, SpaceX, tentasse um segundo lançamento de seu foguete Starship, o foguete mais poderoso já construído, após uma explosão espetacular em Abril.


Num comunicado de imprensa, a FAA referiu que a empresa “cumpriu agora todas as normas exigidas”, nomeadamente no que diz respeito à segurança, ambiente e responsabilidade financeira, após o fracasso do primeiro lançamento da sua nova geração de foguetes.

“Temos como meta sexta-feira, 17 de novembro, para nosso segundo lançamento de teste de nave estelar”, postou a SpaceX no X, após o anúncio da FAA.

Uma janela de lançamento de duas horas será aberta às 7h, horário local (8h ET), para lançamento da base da SpaceX em Boca Chica, Texas.

O desenvolvimento da espaçonave é monitorado de perto pela NASA, que depende desta espaçonave para suas missões Artemis de retorno à Lua. A versão modificada da máquina deveria, na verdade, servir como um módulo de pouso lunar para depositar astronautas na superfície lunar.

Em 20 de abril, a espaçonave Starship decolou pela primeira vez em sua configuração completa do Texas. Mas vários motores não funcionaram e as equipes da SpaceX explodiram deliberadamente o foguete após alguns minutos.

A decolagem impulsionou uma nuvem de poeira vários quilômetros a noroeste da plataforma de lançamento, deixando-a gravemente danificada. Pedaços de concreto foram lançados sob a força dos motores.

A falha levou a uma investigação ambiental e de segurança por parte da Administração Federal de Aviação (FAA) e várias ONGs ambientais anunciaram sua intenção de processar a SpaceX.

READ  Google acaba de lançar uma atualização surpresa no meio do mês para o Pixel 6 e 6 Pro

“Tememos que o segundo lançamento cause novamente danos ambientais significativos”, disse à AFP Jared Margolis, advogado do não governamental Centro para a Diversidade Biológica.

Starship é um foguete gigante de 120 metros de altura, composto por dois estágios: o estágio de propulsão superpesado e seus 33 motores, e acima dele está a espaçonave Starship, que dá nome a todo o foguete.

A sua verdadeira inovação é que deve ser totalmente reutilizável, com ambos os estágios concebidos para regressar à Terra na plataforma de lançamento – reduzindo assim os custos.

O plano de voo será o mesmo de abril: a espaçonave deverá tentar orbitar “quase completamente ao redor da Terra e mergulhar na água em algum lugar do Oceano Pacífico, na costa do Havaí”, como descreveu o bilionário. Portanto, tecnicamente, não alcançará a órbita da Terra, mas ficará “logo abaixo dela”.

You May Also Like

About the Author: Genevieve Goodman

"Criador. Fã de café. Amante da Internet. Organizador. Geek da cultura pop. Fã de TV. Orgulhoso por comer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *