a variante brasileira suspeita no novo desastre que atinge a cidade de Manaus

HISTÓRIA – Embora mais de três quartos dos moradores já tenham contraído o vírus em outubro, a retomada da epidemia é muito preocupante.

Rio de Janeiro

Desde a semana passada, o caos reinou na cidade de Manaus, atingida por uma segunda onda extremamente poderosa do coronavírus. Esta cidade de 2,2 milhões de habitantes, no estado do Amazonas, está localizada no coração da floresta amazônica e só pode ser alcançada de avião ou barco. Diante de um vírus fora de controle, o governador declarou toque de recolher das 19h às 6h

Em abril passado, Manaus já havia simbolizado o desastre sanitário que deixou mais de 210 mil mortos no Brasil. As imagens de retroescavadeiras cavando valas comuns apressadas atingiram a opinião pública brasileira. Um estudo publicado em setembro em Ciência e a atualização na semana passada estimou que mais de três quartos dos residentes já haviam encontrado o vírus em outubro! Isso deveria ter sido suficiente para obter imunidade de grupo, supostamente para prevenir a circulação do vírus … Infelizmente, as mesmas cenas de desespero, desamparo e raiva se repetem hoje.

Comente

Este artigo é apenas para assinantes. Você tem 81% restantes para descobrir.

Assinar: 1 € no primeiro mês

Pode ser cancelado a qualquer momento

Já inscrevi? Conecte-se

READ  Feijoada brasileira da chef Alessandra Montagne

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *