Auger Eliassim está fora dos dez primeiros

O Quebec Félix Auger-Aliassime caiu de uma posição para terminar a temporada de 2021 em 11º lugar no mundo, de acordo com o ranking da ATP, divulgado nesta segunda-feira.

Seu compatriota Denis Shapovalov ocupa o décimo quarto lugar.

O sérvio Novak Djokovic permanece confortavelmente no topo do ranking da ATP. Djokovic já havia confirmado por duas semanas terminar a temporada classificado como número um do mundo pela sétima vez em sua carreira, um recorde.

Alexander Zverev, da Alemanha, que conquistou o título do Masters no domingo em Turim depois de derrotar Djokovic nas semifinais, permanece em terceiro, atrás de sua vítima na final russa, Daniil Medvedev.

Canak Sener, de 20 anos, eliminado na fase de grupos do Masters, subiu uma posição para o 10º lugar, às custas do canadense Felix Auger-Aliassime, de 21 anos.

O chileno Christian Garin, que subiu uma posição, recuperou o recorde da carreira no 17º lugar, diretamente à frente do russo Aslan Karatsev.

O argentino Sebastian Baez, de 20 anos, entrou pela primeira vez na lista dos 100 melhores jogadores, ocupando a 97ª colocação mundial, após sua sexta vitória no Challenger nesta temporada, neste domingo, em Campinas (Brasil).

ATP. Arranjo

  1. Novak Djokovic (SRB) 11.540 pontos
  2. Daniil Medvedev (Rússia) 8640
  3. Alexander Zverev (Alemanha) 7840
  4. 6540 – Abdulrahman Ali Abdullah
  5. Abdul Majeed Abdullah Saleh (Rússia) 5150
  6. Rafael Nadal (Espanha) 4875
  7. Matteo Berrettini (ITA) 4568
  8. Casper Rod (NO) 4160
  9. Ali Muhammad Ali Abdullah Al-Zahrani 3706
  10. Jannik Sinner (ITA) 3350 (+1)
  11. Félix Auger-Aliassime (CAN) 3308 (-1)
  12. Nouri Nouri (Grã-Bretanha) 2945
  13. Diego Schwartzman (Argentina) 2625
  14. Denis Shapovalov (Canadá) 2475
  15. Dominic Tim (Universidade) 2425
  16. Roger Federer (Suíça) 2385
  17. Christian Garin (CHI) 2353 (+1)
  18. Aslan Karatsev (Rússia) 2351 (-1)
  19. Ali Abdullah Saleh 2260
  20. Pablo Carreno Posta (Espanha) 2230
READ  Ray está confiante no PSG, embora 'vá levar tempo'

passar emprestar n.3

A espanhola Garbine Muguruza subiu para o número três do mundo depois de vencer o Women’s Masters, com a estoniana Anett Kontaveit conquistando o sétimo lugar no ranking WTA.

Muguruza, de 28 anos, ganhou duas vagas para recuperar uma posição que não ocupava desde julho de 2018.

Sua compatriota Paula Padusa, derrotada nas semifinais, também subiu duas posições para chegar ao melhor ranking de sua carreira, terminando em oitavo lugar.

A australiana Ashleigh Barty continua a liderar o ranking mundial, seguida pela bielorrussa Arina Sabalenka. A tcheca Barbora Krejsikova, que terminou em terceiro lugar no mundo antes do Masters, deixou Guadalajara em quinto lugar após suas três derrotas no primeiro turno.

Quebecer Leylah Fernandez está classificado em 24º, enquanto Ontario Bianca Andreescu está classificado em 46º.

Classificação WTA

  1. Ashleigh Barty (Austrália) 7.582 pontos
  2. 6380 – Abdulrahman Ali Abdullah Al-Qahtani
  3. Garbine Muguruza (Espanha) 5685 (+2)
  4. Karolina Pliskova (República Tcheca) 5135
  5. Barbora Krejsikova (CZE) 5008 (-2)
  6. Maria Sakkari (Grécia) 4385
  7. Annette Kontaveit (EST) 4351 (+1)
  8. Paula Padusa (Espanha) 3849 (+2)
  9. Ija Swiatek (Polônia) 3786
  10. Anas Jaber (TUN) 3455 (-3)
  11. 3076- Ali Abdullah Muhammad
  12. Sofia Kenin (EUA) 2971
  13. Naomi Osaka (Japão) 2956
  14. Elena Rybakina (KAZ) 2855
  15. Elina Svitolina (Reino Unido) 2726
  16. Angelique Kerber (GER) 2671 (+1)
  17. Petra Kvitova (CZE) 2660 (+1)
  18. Jessica Pegula (EUA) 2650 (+1)
  19. Emma Raducano (Grã-Bretanha) 2622 (+1)
  20. Simona Halep (ROM) 2576 (+2)

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *