Bolsas da Copa do Mundo Feminina de 2027 para o Brasil

Bolsas da Copa do Mundo Feminina de 2027 para o Brasil

O Brasil sediará a primeira Copa do Mundo Feminina na América do Sul em 2027.

A FIFA tomou esta decisão na sexta-feira durante a sua conferência realizada em Banguecoque. A pasta brasileira derrotou a indicação conjunta de Alemanha, Bélgica e Holanda, por maioria de 119 votos a 78.

Estou muito emocionado e sabemos que será muito difícil. “É uma vitória para o futebol latino-americano e para o futebol feminino na América Latina”, disse o presidente da Confederação Brasileira, Ednaldo Rodriguez.

O dirigente disse em suas declarações após o anúncio da vitória da indicação: “Tenham confiança com toda humildade que organizaremos a melhor Copa do Mundo Feminina em 2027”.

Em sua décima edição, a competição se prepara para explorar um novo continente. Após o sucesso da corrida de 2023 na Austrália e na Nova Zelândia, que quebrou recordes comerciais e de público, um formato de 32 equipes foi usado pela primeira vez.

A competição para sediar grandes competições de futebol tornou-se rara. No ano passado, as edições de 2028 e 2032 do Campeonato Europeu Masculino foram alocadas em arquivos individuais, aguardando as finais da Copa do Mundo de 2030 e 2034, nas quais competirá apenas uma seleção por vez.

Melhor nota

O Brasil recebeu melhor nota técnica (4/5 versus 3,7/5) dos especialistas do órgão, graças aos estádios considerados mais eficientes. A candidatura de Uriverde baseia-se em dez estádios já em uso durante a Copa do Mundo Masculina de 2014, incluindo o lendário estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, proposto para sediar os jogos de abertura e final.

/ATS

READ  Por que o Brasil não disputará as Olimpíadas no futebol masculino?

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *