Boris Johnson proibido de entrar na Rússia

A Rússia anunciou no sábado que estava impedindo o primeiro-ministro britânico Boris Johnson e vários altos funcionários britânicos de entrar no país depois que Londres impôs sanções a Moscou por sua operação militar na Ucrânia.

• Leia também: Ucrânia: Rússia ataca após o naufrágio de Moskva, Zelensky exige mais armas

• Leia também: Zelensky ecoa temores da CIA sobre perigos nucleares russos

Este passo veio em resposta à mídia desenfreada e campanha política destinada a isolar a Rússia internacionalmente e criar as condições para isso. […] O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse em um comunicado.

Ele denunciou as “hostilidades sem precedentes” de Londres, em particular as sanções contra altos funcionários russos.

“O governo britânico está deliberadamente buscando escalar a situação em toda a Ucrânia, fornecendo ao regime de Kiev armas letais e coordenando esforços semelhantes em nome da Otan”, acrescentou o departamento.

Além do primeiro-ministro Boris Johnson, a lista negra de Moscou também inclui o vice-primeiro-ministro Dominic Raab, a secretária de Relações Exteriores Liz Truss, o secretário de Defesa Ben Wallace, a ex-primeira-ministra Theresa May e o primeiro-ministro da Escócia, Nicola Sturgeon.

READ  Afeganistão 'à beira do colapso econômico'

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *