Chile recebe as primeiras vacinas contra coronavírus | Mundo

Um carregamento de 10 mil doses da vacina contra o coronavírus dos laboratórios da Pfizer / BioNTech chegou nesta quinta-feira (24) em Chile, de acordo com a presidência do país.

Assim, o país passa a ser o segundo da América Latina a receber o medicamento, depois do méxico, e o primeiro na América do Sul.

México, Chile e Costa Rica iniciam vacinação contra Covid-19

As vacinas chegaram ao aeroporto de Santiago em um vôo comercial da Bélgica, onde a vacina foi produzida.

A vacinação no Chile está prevista para começar nesta quinta-feira para profissionais de saúde de quatro regiões do país.

As primeiras doses serão aplicadas a profissionais que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva com pacientes em condições críticas no sul do Chile e na região metropolitana de Santiago.

Em uma segunda etapa, outros profissionais de saúde, idosos e pessoas com doenças crônicas serão vacinados. Depois, outras pessoas de grupos de risco e, por fim, a campanha será estendida para a população em geral.

Mais de 16.000 pessoas morreram no Chile por causa da Covid-19. Somando-se os óbitos com suspeita da doença, o número chega a 21 mil.

O presidente Sebastián Piñera anunciou que o Chile conseguiu garantir o fornecimento de 30 milhões de doses da vacina, o que permitiria que 15 dos 18 milhões de habitantes do país fossem inoculados durante o primeiro semestre de 2021.

Vídeos: veja o G1 mais assistido

READ  Brasil: Felipe está contente por voltar à Seleção

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *