Copa Libertadores: Santos se junta ao Palmeiras na final brasileira

Portanto, a copa ficará no Brasil. O Flamengo venceu a edição anterior por 2 a 1 em detrimento dos argentinos do River Plate. Depois da primeira mão 0-0 na Argentina na semana passada, o Santos venceu graças aos golos de Diego Petuca (16), Iverson Sotido (49) e Lucas Braga (51).

Boca também foi reduzido para dez depois que Frank Fabra foi desclassificado aos 56 minutos.

O Santos, comandado por Alexei Stefal “Coca” e ex-clube Pelé e Neymar, tentará se tornar o primeiro clube brasileiro a vencer o evento quatro vezes, o equivalente à América do Sul na Liga dos Campeões. Seus primeiros três sucessos datam de 1962, 1963 e 2011.

O Palmeiras, que venceu por 0-3 na primeira mão das semifinais no River Plate, ganhou uma passagem para se classificar para a final na terça-feira, apesar de ter perdido por 0-2 em casa no jogo de volta. Palmyra tentaria ganhar seu segundo troféu após a eliminação em 1999.

Os dois clubes paulistas se enfrentam na final do lendário Maracanã, no Rio de Janeiro, no dia 30 de janeiro. Desde 2019, a final é disputada em uma única partida.

Esta será a terceira final brasileira do Brasil depois de 2005 (São Paulo venceu por 1-1, 4-0 do Atlético Paranaense) e em 2006 (vitória do Internacional sobre São Paulo por 1-2, 2-2). O Brasil, por meio de um de seus clubes, garantiu a conquista da 20ª Copa Libertadores em 61 exemplares.

READ  Dirigindo-se ao treinador da OM "Sampaoli Plunge Santos"!

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *