Dalai Lama pede menos dependência de combustíveis fósseis

Dalai Lama pede menos dependência de combustíveis fósseis

O Dalai Lama, líder espiritual dos budistas tibetanos no exílio na Índia, pediu menos dependência de combustíveis fósseis e o uso de fontes de energia renováveis, em um comício para marcar o Dia Internacional da Terra.

Ativistas das mudanças climáticas apresentaram o Dalai Lama, que vive exilado em Dharamshala, um pedaço de gelo cortado de uma geleira em Ladakh, região do Himalaia, no extremo norte da Índia.

O bloco de gelo colocado em uma bandeja de madeira simboliza o derretimento das geleiras do Himalaia, o que significa mudança climática.

“Durante a minha vida, vi uma diminuição na queda de neve, primeiro no Tibete e depois em Dharamshala”, disse Dalai Lama, de 86 anos.

O líder espiritual dos budistas tibetanos pediu “ação urgente para reduzir nossa dependência de fontes de combustíveis fósseis e adotar fontes de energia renovável, como as que usam energia eólica e solar”.

“O perigo da mudança climática não se limita às fronteiras nacionais, afeta a todos nós”, enfatizou.

O bloco de gelo foi movido por uma rota de 250 quilômetros por pedestres ou voluntários em bicicletas ou veículos elétricos para aumentar a conscientização sobre os efeitos das emissões de dióxido de carbono nas geleiras.

Ativistas usaram técnicas de baixo carbono para evitar que seu bloco de gelo derreta.

READ  Problemas de abastecimento | Casa Branca promete novas medidas em janeiro

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *