‘Ele não é mais decisivo’, Neymar altamente criticado no Brasil após fiasco de Madri

‘Ele não é mais decisivo’, Neymar altamente criticado no Brasil após fiasco de Madri

A eliminação do PSG nas oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid levou vários editorialistas brasileiros a questionarem a preocupante atuação de Neymar, “em queda livre”, segundo um deles.

Neymar (30) vivenciou uma grande estreia em sua carreira nesta quarta-feira. Saiu da Liga dos Campeões sem ter marcado um único gol, quando havia marcado pelo menos três em cada uma das oito edições anteriores (seu recorde é 10 em 2014-2015). O brasileiro se contenta com duas assistências (saída e retorno contra o Real) em seis jogos na principal competição de clubes. E esse retorno limitado levanta dúvidas no Brasil.

>> Assine as ofertas da RMC Sport para assistir às oitavas de final da Liga dos Campeões

Desde quarta-feira choveram críticas sobre o atacante parisiense com, como ricochete, o medo de repercussões em sua atuação na seleção. O craque deve figurar na lista de jogadores selecionados por Tite, nesta sexta-feira, para as duas partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, contra Chile (25 de março) e Bolívia (30 de março). O Brasil está classificado há muito tempo, mas essa parada repentina com o PSG preocupa a mídia alguns meses antes da Copa do Mundo no Catar.

Vários editoriais publicados na mídia UOL Esportes soar o alarme sobre o ex-jogador do FC Barcelona. “Neymar, aos 30, não é o que esperávamos dele quando tinha 20, diz o jornalista Menon. Ele não é o melhor do mundo. Não é mais decisivo. E Tite apostou todas as fichas nele. Não há plano B .”

“É tudo sobre Neymar e é ruim”

Para o colega Mauro Cezar, o fraco desempenho do jogador no Bernabéu não pode ser explicado pela falta de ritmo três semanas após seu retorno às competições após uma ausência de dois meses e meio. “Eu não acho que seja sobre recuperação, ele já está em queda na carreira aos 30 anos e honestamente não sei se ele vai conseguir jogar o futebol que ele mostrou lá. anos, ele diz. É uma situação muito complicada. “

READ  O Atltico vence o boom, vence o Coritiba e segue vivo na briga pelo título

Chegou a pedir a Tite que não centrasse mais seu projeto em torno do Ney, mas não acreditou em suas chances de ser ouvido nesse ponto. “Acho que o Tite pode não tratá-lo como ele trata, com tudo que gira em torno dele, porque é exatamente assim que as coisas são lá (em Paris), alerta. Tudo gira em torno de Neymar e isso é ruim. Vinícius Júnior, mas ele vai continuar construindo um time que joga por Neymar.”

Ele também culpa o PSG e seu gosto pelo estrelato. “O PSG deve entender que não adianta reunir grandes nomes, mas deve pensar na formação do time”, diz. (…) Nesta partida, Messi e Neymar estiveram muito mal, deixaram de jogar absurdamente justamente em um determinado momento em que o adversário subiu de nível. Atualmente, Neymar às vezes é superestimado, mas devido ao seu potencial, criou-se uma grande expectativa porque ele joga muito.”

“Ele só quer saber o que está acontecendo na Netflix”

O tom é bem mais contundente no canal do Youtube, Os Donos Da Bola, apresentado pelo ex-jogador Neto e seguido por 1,85 milhão de inscritos. O ex-internacional brasileiro (55, vice-campeão olímpico em 1988) descreve seu compatriota como “Pop Corn”. “É um jogador escondido que pulou contra o Real, uma pipoca, ele lançou, enrolando insultos sobre seus fãs, ainda muitos. Ele não joga, não fez nada na Copa do Mundo de 2018. Ele só quer saber o que está na Netflix. Ele já tem 30 anos. ! É por isso que o futebol brasileiro não pode avançar.”

Ele acrescenta ainda mais ao arranhar o status de estrela de Neymar no país. “Em 2016, você ganhou uma medalha de ouro (nas Olimpíadas do Rio), ele conclui. Ganhei uma medalha de prata. Sou um ídolo do Corinthians e você nunca será.”

READ  Rotary Clubs brasileiros “juntos contra a poliomielite”

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *