Joe Biden chamou “a China de bomba-relógio”

Joe Biden chamou “a China de bomba-relógio”

O presidente dos EUA, Joe Biden, disse na quinta-feira que a arquirrival dos Estados Unidos, a China, é uma “bomba-relógio”, citando seus problemas econômicos e o envelhecimento da força de trabalho.

• Leia também: Os Estados Unidos anunciaram US$ 345 milhões em ajuda militar a Taiwan

“A China é uma bomba-relógio em muitos aspectos”, disse ele durante uma viagem ao estado de Utah, no oeste.

O democrata observou que o país estava sofrendo de alto desemprego e sua força de trabalho estava envelhecendo. Por causa disso, disse ele, “a China está com problemas”.

Para Joe Biden, isso é preocupante, porque “quando pessoas más se metem em encrencas, elas fazem coisas ruins”.




Getty Images via AFP

No final de junho, o presidente ofendeu Pequim ao considerar seu homólogo, Xi Jinping, pertencente à categoria de “ditadores”, comentário que a diplomacia chinesa considerou uma “provocação”.

No entanto, Joe Biden enfatizou na quinta-feira que busca manter um “relacionamento racional com a China”. “Não pretendo prejudicar a China, mas estou observando.”

Os Estados Unidos recentemente reviveram seu diálogo com a China com uma série de visitas a Pequim de altos funcionários americanos, incluindo o chefe da diplomacia, Anthony Blinken.

O objetivo desse voo era virar a página do mais recente episódio de tensão, sobre um balão chinês descrito como “espião” que foi abatido pelos Estados Unidos em fevereiro.

READ  Ida será "muito perigosa" quando chegar à costa americana

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *