Jogos Olímpicos de Tóquio: Seleção alemã de futebol deixa o estádio após insultos racistas

Na esteira da difícil vitória do Blues sobre a Coreia do Sul, a seleção olímpica alemã deixou o estádio após 85 minutos de jogo em um amistoso contra Honduras, em preparação para as Olimpíadas de Tóquio, que começam na próxima sexta-feira. Em dúvida, ele fez comentários racistas contra seu defensor Jordan Torunariga.

A partida terminou 5 minutos antes do final com o placar de 1 a 1. Os jogadores alemães deixaram o campo depois que Jordan Torunariga foi submetido a comentários racistas ”, tuitou a Federação Alemã de Futebol no sábado.

“Quando um dos nossos jogadores é vítima de racismo, jogar não é uma opção”, disse o seleccionador da Alemanha, Stefan Kuntz. Por sua vez, a Federação de Honduras afirmou no Twitter que houve um “mal-entendido local” durante a última reunião da Mannschaft antes de entrar na competição do torneio olímpico. Os alemães, medalhistas de prata de 2016, estreiam no dia 22 de julho contra o atual campeão Brasil.

Torunariga já havia denunciado, em fevereiro de 2020, os barulhos de macaco feitos pelos torcedores do Schalke 04 nas arquibancadas durante uma partida da Copa da Alemanha com seu clube, o Hertha Berlin. Sua reação no terreno na ocasião o levou à desclassificação, gerando frequentes debates sobre racismo nos estádios.

READ  Handebol - Mundial 2021 - Resultados - Campeão da Dinamarca - Informação Desportiva - Patinagem

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *