Lucas Lima renasce no Palmeiras, vira “irmão mais velho” dos jovens da base e embala com Abel | Palmeiras

A chegada de Abel Ferreira deixou Lucas Lima ainda mais leve. Dono de um perfil calmo e solto, o meio-campista parece ainda mais à vontade hoje no Palmeiras, como uma liderança “irmão mais velho”, infectada pela juventude da Academia de Futebol. O jovem de 30 anos está muito próximo dos meninos e faz questão de exaltar a base palmeirense neste bom momento da equipe.

Um cenário chamou atenção na última quarta-feira, nas oitavas de final da Libertadores. Lucas Lima comandou o som da chegada do palmeirense ao Allianz Parque com Patrick de Paula, Lucas Esteves, Gabriel Menino, Gabriel Veron, Gabriel Silva e Danilo. A diferença de idade de quase 10 anos para os meninos (mais de 10 com alguns) não interfere na relação de amizade.

Lucas Lima é uma das referências do elenco para os meninos de base e faz questão de mostrar o bom relacionamento, em fotos nas redes sociais e até em campo. Contra Delfín, por exemplo, fez uma “dança” combinada com Patrick de Paula, autor do grande gol. Nos jogos entre os meninos, o meio-campista costuma estar envolvido.

Lucas Lima e Zé Rafael: os mais velhos ao lado de Danilo, Menino e Patrick de Paula – Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

A colegialidade vai ao encontro da admiração do jogador pelos jovens palmeirenses. Camisa número 20 elogiou os meninos depois Vitória por 3 a 0 sobre o Atlético Goianiense, pelo Brasileirão. Lucas Lima fez questão de exaltar Gabriel Menino, Patrick de Paula, Wesley, Renan e Gabriel Silva, que ganharam um carinho especial na rede social.

– De Guarulhos para o mundo – escreveu Lucas Lima, citando a cidade onde está localizado o CT da base palmeirense.

Lucas Lima elogiou base do Palmeiras na rede social – Foto: Reprodução / Instagram

A parceria fora dos gramados também se reflete dentro. Sob o comando de Abel Ferreira, os jovens da base também se firmaram como protagonistas, principalmente diante das ausências por lesões e Covid-19. Ao mesmo tempo, Lucas Lima engatou uma sequência e pode igualar a maior marca da temporada.

Pela segunda vez em 2020, Lucas Lima atuou sete vezes consecutivas como titular do Palmeiras. O recorde do meio-campista para a temporada corresponde ao acúmulo de oito partidas entre as 11 iniciais, ainda no início do ano e contando com os dois compromissos pela Copa da Flórida.

Dessa forma, Lucas Lima pode se equiparar à maior marca pessoal de 2020 neste final de semana, se continuar no time e entrar no jogo contra o Santos, clube que deixou para reforçar o Palmeiras. O clássico está marcado para as 17h (de Brasília), sábado, na Vila Belmiro, e vale Campeonato brasileiro.

Lucas Lima e Patrick de Paula comemoram gol do Palmeiras contra o Delfín – Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Mais do que a sequência, o meio-campista assumiu o status de protagonista nas últimas rodadas. No caminho contra o Delfín, atuando bem avançado, sofreu o pênalti que abriu a vitória por 3 a 1 e acabou sendo um dos jogadores mais participativos do setor ofensivo.

Contra o Atlético, no último final de semana, deu uma grande assistência a Patrick de Paula para abrir o placar em Vitória por 3-0. Contra o Delfín, na volta, jogou bem na primeira fase e participou do primeiro gol alviverde, também apontado por Patrick. Acabou sendo substituído no intervalo derrotado por 5 a 0.

READ  é a vez dos banqueiros e economistas denunciarem a política

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *