“Não pensei que pudesse encontrar ‘pior’” Dimitri Payet fala sobre o fervor brasileiro

“Não pensei que pudesse encontrar ‘pior’” Dimitri Payet fala sobre o fervor brasileiro

Zapping Onze Mundial EXCLUÍDO: Entrevista do “Irmãozinho” de Moussa Diaby!

Em clima de loucura, às 5h, Dimitri Payet fez sua primeira aparição diante da torcida do Vasco da Gama, para Telefoot, ele relembra sua incrível chegada ao aeroporto do Rio de Janeiro: “Não pensei que encontraria ‘pior’ (para fervor) que Marselha. Em Marselha? Não saí porque é futebol, etc. Mas aqui acho que é pior ainda. É a primeira vez que recebo amor sem ter feito nada para consegui-lo, foi um pouco estranho, mesmo que tenha sido lindo. Isso imediatamente me colocou no ritmo das coisas. »

Palavras fortes de sua esposa

Tendo partido para o Brasil para encerrar a carreira, Dimitri Payet explica os motivos dessa escolha: “Quando ouvi o Vasco da Gama… Brasil, terra do futebol, me pareceu a escolha ideal. Honestamente, era disso que eu precisava. Depois da minha saída da OM, não sei se teria conseguido me curar… O amor que recebi aqui, rapidamente, deu um bálsamo no meu coração, me levantou. Minha esposa rezou para que isso não acontecesse (na aposentadoria). Encontre um clube, faça o que você ama! Você não está pronto para parar. »

Resumindo

Após a dolorosa saída do Marselha, Dimitri Payet fez a escolha de continuar a carreira no Brasil, ele conta sua chegada maluca, mas também sua escolha de ingressar no Vasco da Gama.

READ  10h55 - Covid no Brasil: aprovação de relatório condenatório para Bolsonaro

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *