O milagre, Endrek, entrega vitória à Seleção e comemora como Messi

O milagre, Endrek, entrega vitória à Seleção e comemora como Messi

No final do suspense. O Brasil, liderado por sua nova estrela, Indrik, de 17 anos, espera fazê-lo real Madrid Neste verão, derrotou o México por 3 a 2 no sábado, em amistoso preparatório para a Copa América, em College Station, nos Estados Unidos.

O técnico Oriverde Dorival Junior colocou em campo uma equipe privada de muitos de seus habituais titulares no pontapé inicial, mas a introdução de Endrik e Vinicius Junior permitiu que os pentacampeões mundiais conquistassem a vitória nos segundos finais da prorrogação.

Indrik como salvador

Os brasileiros saíram na frente primeiro através de Andreas Pereira (1-0, 5º colocado) e Gabriel Martinelli (2-0, 54º colocado). Os mexicanos recuperaram, primeiro graças a Julian Quiñones (2-1, 73º lugar) e depois a Guillermo Martinez, que pensou que poderia evitar a derrota marcando no segundo minuto do prolongamento (2-2, 90º+2). Mas Indrik apareceu aos 96 minutos para dar a vitória aos brasileiros de cabeça após saque de Vinicius.

Ele parecia muito feliz ao marcar seu terceiro gol em cinco partidas internacionais, e o palmeirense comemorou tirando a camisa 9 e mostrando-a à torcida, ao estilo de Lionel Messi. O Brasil jogará uma última partida-teste na quarta-feira contra os Estados Unidos, antes do início da Copa América (20 de junho a 14 de julho). Neymar, que passou por uma cirurgia no joelho em novembro de 2023 e segue afastado dos gramados, não estará na viagem.

O artigo original foi publicado no site RMC Sport

READ  O Arsenal surpreende toda a Europa com uma sólida peça brasileira

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *