OL: Os brasileiros e o clássico

O primeiro a disputar um clássico: Constantino Pires

Chegado a Lyon em 1956, é o primeiro jogador brasileiro da história do clube. Assim, ele naturalmente se torna o primeiro brasileiro a jogar um clássico pelo Olympique Lyonnais. No total, ele jogou 92 partidas e 17 gols pela camisa Lyonnais.

O primeiro artilheiro: Sonny Anderson

Aí é preciso esperar 30 anos para ver um brasileiro colocar seu nome no mural do derby. E quem mais senão Sonny Anderson conseguir isso no lado do Lyon? Desde sua primeira temporada, SonnyGoal deixou sua marca no clássico. Em 10 de novembro de 1999 ele marcou o primeiro gol do 83º derby na história, o primeiro a título pessoal. Mais dois gols acontecerão na temporada 2000-2001. A descida do ASSE na Ligue 2 no final desta temporada impedirá que aumente seu total.

Eles jogam sua primeira partida com o OL em um clássico: Marcelo Dijian, Claudio Caçapa e Edmilson

Para esses três zagueiros, aprender o derby foi rápido. Chegou do Corinthians alguns meses antes, Marcelo foi em outubro de 1993 o primeiro brasileiro a vestir a camisa vermelha e azul desde Constantino Pires. Em 29 de outubro deste ano, ele jogou sua primeira partida com o Les Gones, no Stade de Gerland, contra o Saint-Etienne. Com uma vitória na chegada podemos falar de uma largada perfeita, para aquele que foi o precursor da “colônia” brasileira que chegou desde o início dos anos 2000.

Ele também veio do Brasil, para sua primeira experiência na Europa, Edmilson descobre as alegrias do clássico de 2000, desde sua primeira partida. Prevista para a sexta jornada do campeonato, esta viagem a Geoffroy-Guichard finalmente deu origem ao empate em 2 a 2, no qual outro brasileiro, Sonny Anderson, se destacou ao marcar o primeiro gol da partida.

READ  O Corinthians tem dia de treino tático voltado para o clássico contra o São Paulo; veja escala possível

Assinado um ano depois, no inverno de 2001, aquele que agora é um dos assistentes de Rudi Garcia também teve um notável batismo de fogo com OL. Aos 24, Claudio Caçapa, jogando sua primeira partida com o OL na Coupe de France, contra o Saint-Etienne. Titular durante os 120 minutos, o zagueiro finalmente vê seu clube vencer nos pênaltis.

Artilheiro: Juninho (5 gols)

Chegou em 2001, quando os Verdes estão na segunda divisão, Juninho deve esperar até 2004 para jogar seu primeiro clássico. Mas desde o primeiro encontro, ele fez seus oponentes entenderem que ele não lhes daria nenhum presente. O mestre do jogo brasileiro abriu o placar com cobrança de falta que deixou Janot preso em sua linha, antes de fazer o segundo gol, do empate, a poucos minutos do final da partida. Juni marcará mais 3, incluindo o último em cobrança de falta, para fechar o loop. No pódio seguem os artilheiros Sonny Anderson e Michel Bastos com 3 gols cada.

$ name

Quem disputou mais derbies: Cris

Aterrou em OL no verão de 2004, Cris muito rapidamente se torna indiscutível na dobradiça central. Seu apelido de Policial nunca será usurpado e muitas vezes o defensor se destacou durante derbies. Ele vai jogar um total de 13 com a camisa do Lyon (todos como titular), para um recorde de 11 vitórias e 2 empates.

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *