Orvalho. Não chama mais os funcionários, ex-GGB e Rafer, mas MicronMax

Orvalho.  Não chama mais os funcionários, ex-GGB e Rafer, mas MicronMax

Quase três anos sombrios

Em 2020, o Grupo Enpro decidiu fechar a Dieuz e depois fundi-la na GGB. Finalmente encontrou um comprador, o Grupo Melma, que assumiu o controlo do local em dezembro de 2020. “O único acionista recebe uma boa quantia de 4,5 milhões de euros”, lembra Christoph Ury. Ele continua com Abdel Rahim Benqada, representante do sindicato no Ministério das Relações Exteriores, que “a partir de 2021, os investimentos prometidos não chegaram e os fornecedores começaram a reclamar do não pagamento dos seus salários”.

“Em janeiro de 2022, Rafer Deuz soube disso A liquidação de sua outra empresa alemã, Lohmman, foi anunciada Siga os sindicalistas. Esta é a empresa à qual, segundo o nosso presidente, compramos equipamentos industriais no valor aproximado de um milhão de euros, máquina que serviu para saldar as dívidas da empresa alemã. Surgem perguntas. » Em Fevereiro foi lançado o direito de alerta económico. Na Deuz, durante vários meses, os funcionários chegaram ao local, mas não puderam trabalhar: como os fornecedores não eram pagos, já não faziam entregas. Em 10 de março de 2023, foi anunciada a liquidação judicial de outra empresa de propriedade do acionista (Andrian em Chambéry).

Representantes dos dois sindicatos confirmaram que “foi difícil”. Em 8 de março de 2023, Rafer foi colocado em concordata. “No décimo dia retomamos a produção”, enfatiza Christophe Ury, lembrando-nos da flexibilidade de cada colaborador. Em 6 de setembro, a empresa ingressou na Teak France Holdings. Mas 22 funcionários da Dewes tiveram de ser demitidos.

READ  O E195-E2 recebe certificação de aproximação íngreme no Aeroporto London City

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *