Provedor de ETF Global – 9 de janeiro de 2024 às 11h

Provedor de ETF Global – 9 de janeiro de 2024 às 11h

Global as previsões.

A empresa, que gere cerca de 48 mil milhões de dólares a nível mundial, vê o país como uma das oportunidades cíclicas mais atraentes nos mercados emergentes da atualidade e afirma que está a atrair cada vez mais a atenção dos investidores internacionais.

“Há muitas coisas boas acontecendo. O Brasil está atendendo a muitas condições neste momento”, disse Malcolm Dorson, chefe de mercados emergentes da Global X, à Reuters na segunda-feira.

Ele citou o forte impulso e as avaliações ainda descontadas das ações – mesmo após uma recuperação recente – como fatores por trás do apelo do Global X, cujos fundos incluem o ETF Brazil Active gerido ativamente.

O banco central do Brasil iniciou um ciclo de cortes nas taxas de juros em agosto, depois de manter os custos dos empréstimos em 13,75% por quase um ano para conter a inflação elevada.

Até agora, reduziu as taxas num total de 200 pontos base, mas já anunciou mais dois cortes de 50 pontos base, um ritmo que Dorson considera satisfatório, uma vez que a inflação oscila em torno de 4,5%.

“Ainda há espaço de manobra significativo enquanto se mantêm taxas reais positivas”, disse ele. “Acho que, enquanto as taxas permanecerem estáveis, elas poderão continuar a ajudar a economia.

As ações de longo prazo e de consumo tendem a se beneficiar do ambiente de queda das taxas de juros e baixo desemprego, disse Dorson, citando bancos locais e empresas como Localiza, Vamos e Rumo entre os possíveis desempenhos superiores.

BOAS SURPRESAS

O crescimento económico do Brasil superou as expectativas em 2023 e deverá ter atingido 3% durante o período, estima o banco central, bem acima dos 0,8% previstos pelos economistas consultados pelo banco no início do ano passado.

READ  Em direção a um tratorgate? Um novo escândalo de corrupção no Brasil

Muitos temiam que as políticas do Presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva não fossem favoráveis ​​aos investidores, mas durante o seu primeiro ano no poder, os mercados foram surpreendidos pela eficácia do Ministro das Finanças Fernando Haddad, Sr. .Dorson.

O Sr. Haddad ajudou a persuadir o Congresso a aprovar um novo quadro orçamental e uma reforma fiscal, e apoiou os esforços para eliminar o défice orçamental do país este ano.

Ao mesmo tempo, observou Dorson, foram implementados freios e contrapesos, à medida que o Congresso brasileiro, de tendência conservadora, impediu Lula de fazer “algo muito radical”, mas não se absteve de adotar medidas apoiadas pelo governo para aumentar as receitas.

A Global X acredita que não está excluído que o Brasil retorne ao grau de investimento nos próximos anos. As três principais agências de rating colocam actualmente o país dois níveis abaixo deste nível.

“É uma meta ambiciosa, mas não creio que esteja muito distante”, disse Dorson. “Enquanto eles continuarem no caminho que traçaram, poderemos, até o final do mandato de Lula, recuperar a classificação de investimento. E isso é enorme.” (Reportagem de Gabriel Araujo; edição de Hugh Lawson)

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *