ressurreição de jesus gabriel

Em grande forma com o Manchester City, Gabriel Jesus nunca fez jus ao seu nome. Depois de um começo de ano complicado, o pequeno brasileiro vive uma verdadeira ressurreição há algumas partidas.

Sentado no vestiário do Etihad Stadium, Gabriel Jesus está sorrindo. Pela primeira vez em nove partidas da Premier League, seu nome apareceu no elenco mineral de Pep Guardiola. Neste domingo, 10 de abril, ele resistiu ao Liverpool. Como costuma acontecer nesta temporada, o brasileiro joga na ponta direita. Não é sua preferência, ele é o número nove, mas quem se importa, seu treinador acredita nele e isso é bom. Este jogo, muito ritmado, é uma oportunidade para ele se mostrar. Aos 36 minutos, recebeu um belo cruzamento de Cancelo e marcou pela primeira vez no campeonato desde 25 de setembro.

Graças a este jogo muito bom, Gaby Jesus pode amarrá-los novamente. Ainda titular contra o Liverpool, desta vez na FA Cup, ele não marcou, mas ganhou força. Ao mesmo tempo, seu nome apareceu na mídia inglesa, especialmente por O atleta Quem anunciou o interesse do Arsenal e do Barcelona e acrescentou que o jogador de 25 anos não seria contra a saída neste verão, um ano após o término de seu contrato. “Talvez no final da temporada ele diga: Não, não quero assinar contrato, (…) quero mais minutos, quero sair. Ninguém o conhece.Pep Guardiola se preocupa.

Jogo divino contra o Watford

Este é o momento em que Jesus, como seu nome, realizará um pequeno milagre. Contra o Watford, o paulista precisa de apenas 216 segundos para abrir o placar. Vinte minutos depois, Kevin De Bruyne colocou a bola perfeitamente na cabeça para dobrar a vantagem. Pouco antes do final do primeiro tempo, o jogador nº 9, por sua vez, presta assistência ao espanhol Rodri. No segundo tempo, ele converteu um pênalti que ele mesmo fez e terminou a tarefa aos 53 minutos com uma quarta conquista.

READ  Tudo de bom para o blues!

Na conferência pós-jogo, Pep Guardiola está encantado. “Ele sempre tem chances de marcar gols e dar assistências, e acho que muitas pessoas perceberam o quão forte ele é sem a bola”. Análises catalãs. “Seja ele um atacante ou um ala, não importa. Estamos muito felizes e ele nos ajudou a vencer muitas partidas. A energia de Gabriel é muito semelhante à de Stoichkov, os movimentos nas diagonais são exatamente os mesmos”, Gosta da pessoa que anteriormente o comparou a Eto’o quatro anos atrás.

Gabriel Jesus após seu quarteto Jason Kerndof/Reuters

Esta impressionante vitória é suficiente para dar confiança ao único avançado do Manchester City na madrugada da primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões frente ao Real Madrid. Ele concedeu uma entrevista a um jornalista de MarcaO internacional brasileiro (54 internacionalizações) é ambicioso mas não esconde a admiração pelo seu futuro rival. “Você vê o tamanho do clube, a maturidade dos jogadores, eles têm muita experiência e estão acostumados a viver esse tipo de jogo. (…) Vamos tentar fazer o melhor, respeitando a história do Real. Madrid, Madrid, mas temos que impor o nosso futebol e o nosso ritmo para tentar ganhar. Esse ritmo que ele fala, imposto pelo Manchester City desde o pontapé inicial e marcando dois gols em pouco mais de 10 minutos, e fica claro que Jesus está na partida. É preciso (muito) Karim Benzema novamente para manter o Real vivo no final da partida.

No fim de semana seguinte, os Nationals enfrentam o Leeds United na liga e, mais uma vez, o ex-palmeirista tem papel fundamental. Ele marcou seu décimo terceiro gol nesta temporada. Desde que Jesus jogou a quadra contra o Watford, ele anda sobre a água e apresenta excelentes estatísticas. Em suas últimas três partidas, ele participou de 7 gols, deu 9 passes importantes, marcou 78% de seus chutes e conseguiu 75% de seus dribles. Melhor que Kylian Mbappé e Cristiano Ronaldo no mesmo período…

READ  Anier - Os pilotos mais eminentes da França treinarão em Hautes Pyrénées.

Na noite de quarta-feira, Jesus enfrenta um grande desafio: enviar seu povo às portas do céu, na final da Liga dos Campeões. Para isso, não devemos enfrentar o Real Madrid, apenas os campeões da Espanha, que voltarão a contar com a magia do Santiago Bernabéu. Falando nisso, o brasileiro sabe o que esperar. Há dois anos, City e Real se enfrentaram nas oitavas de final e Jesus marcou dois gols: um em casa e outro fora.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *