Santos (Brasil) rescinde contrato de um de seus jogadores após escândalo de manipulação de resultados

Santos (Brasil) rescinde contrato de um de seus jogadores após escândalo de manipulação de resultados

Eduardo Bormann. Hüler Andre / Action Plus / Panorâmica

Eduardo Bowerman assinou a rescisão de contrato com o clube brasileiro por “acordo mútuo”.

O Santos anunciou nesta quinta-feira que rescindiu o contrato de um de seus jogadores, Eduardo Bowerman, envolvido no escândalo de manipulação de resultados que abalou o futebol brasileiro. O zagueiro de 27 anos assinou a rescisão de contrato.De comum acordo com Santos», que é conhecido como o antigo clube de Pelé e Neymar.

Bowerman está sujeito a uma investigação do poder judiciário do estado de Goiás (centro do Brasil), que revelou em novembro uma organização criminosa dedicada a adulterar jogos de futebol da primeira e segunda divisões.

Eduardo Bowerman nas cores MG American em 2020. Dodo Macedo / Futurina / Panorâmica

A quadrilha corrompeu jogadores de times como Santos, Red Bull Bragantino ou Cuiabá, dando-lhes dinheiro para realizar determinadas ações no jogo, como receber cartão amarelo ou vermelho, nos quais eram feitas apostas.

No início deste mês, Bowerman foi suspenso por doze partidas pelas autoridades esportivas, mas escapou de uma proibição vitalícia do futebol porque acabou não concordando em fazer o que os golpistas lhe pediram e devolver o dinheiro.

O zagueiro havia se comprometido a receber cartão vermelho e depois amarelo em duas partidas contra Botafogo e Avaí, em novembro de 2022, mas não se comprometeu. Ele não joga pelo Santos desde maio passado, depois que o clube o suspendeu na reserva.

Continuação da carreira em Türkiye?

Gostaria de pedir desculpas ao clube, aos meus companheiros e aos torcedoresEle disse em um videoclipe postado na quarta-feira. “Sou o mais punido, mesmo me arrependendo e não fazendo o que me pediram para prejudicar minha equipe“, confirmou. Segundo a imprensa, ele pode continuar sua carreira na Türkiye.

Segundo o Ministério Público de Goiás, pelo menos 15 partidas, incluindo oito da Primeira Divisão, foram fraudadas no ano passado. A Justiça atinge 25 pessoas, incluindo 15 jogadores de futebol.

” data-script=”https://static.lefigaro.fr/widget-video/short-ttl/video/index.js” >

READ  Paris Saint-Germain - Paris Saint-Germain: Neymar é imaculado e o Barcelona cheira a um bom negócio

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *