Sucessão de André Villas-Boas à OM: Jorge Sampaoli abre as portas ao Marselha

Com o passar dos dias, Jorge Sampaoli, favorito à sucessão de André Velas Boa no banco, vai se ajustando ao discurso. Na quinta-feira, 11 de fevereiro, o técnico argentino, lotado no Atlético Mineiro, não quis confirmar que há negociações com o Marselha. Quarenta e oito horas depois, no final do sorteio pelo seu clube, terceiro no Brasileiro, contra o Bahia (1 a 1), ele não descartou a possibilidade de sua próxima saída.

“Não sei se algum dia vou expirar (Nota do editor: dezembro de 2021). Ele observa que o futebol muda o tempo todo. É muito instável, principalmente no Brasil. O treinador dura muito pouco, sem ter tempo para unir trabalho e ideias. “

Nas entrelinhas, ele abre as portas para um encerramento antecipado da colaboração com a formação de Belo Horizonte no final do torneio, no dia 26 de fevereiro, e assim prepara o parecer para este capítulo. Um tanto otimistas, ainda faltam alguns dias para a possibilidade de contratação do técnico, aliás, os líderes brasileiros já renunciaram.

Progresso significativo nas negociações

O jornalista Stephane Darmani, correspondente do Canal + no Brasil, concorda. “Falei com os dirigentes do Atlético Mineiro. O sino soou um pouco diferente do que há alguns dias atrás. Ficamos hesitantes da parte deles quanto à ampliação de Sampaoli, enquanto eles tinham absoluta certeza de que poderiam ampliá-la no final deste Diretor de esportes, que parecia totalmente confiante. “Nos últimos dias, ele me disse hoje que o objetivo é terminar a temporada e veremos mais tarde.”

A prioridade absoluta para Pablo Longoria, técnico de futebol de Marseille, Sampaoli, 60, cuja única experiência na liderança de um clube europeu remonta à temporada 2016-2017 com o Sevilha, é o Desafio Olímpico. Diversas fontes relataram avanços significativos nas negociações entre as partes. No Brasil, outros interessados ​​no assunto relataram a iminência de um acordo com o Olympique de Marseille. Em qualquer caso, devemos ver com mais clareza nos próximos dias.

READ  Sem Copa América para Neymar

Para terminar este processo, o Marselha, onde o temporário é fornecido por Nasser Larget, director do centro de formação, terá de cumprir a condição de libertação a favor do seu homólogo brasileiro, pouco menos de 700 mil euros. Será preciso também acertar a questão do salário de Sampaoli, que anseia por vir com três ou quatro auxiliares, cujos salários atuais no Brasil superam um total de € 330 mil mensais.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *