Textor ainda se revolta contra a arbitragem no Brasil

Textor ainda se revolta contra a arbitragem no Brasil

Zapping Onze Mundial EXCLUÍDO: Entrevista do “Irmãozinho” de Dayot Upamecano!

John Textor claramente não aprendeu a lição. O empresário americano, dono do Olympique Lyonnais e do Botafogo no Brasil, recebeu uma sanção de 30 dias do outro lado do Atlântico depois de atacar fortemente a arbitragem e a Federação Brasileira de Futebol após uma derrota de seu povo, explicando que “não recuaria”. e que ele estava aqui “para atear fogo”. E obviamente, esta sanção não foi suficiente para ele. Ontem à noite, ele voltou a colocar em suas redes sociais, o que pode lhe custar caro novamente.

Um tweet postado e depois excluído

Inclusive, ele publicou uma reportagem da empresa Good Game! (desenvolve métodos para determinar a potencial manipulação de resultados) sobre Ramon Abbati Abel, que deve arbitrar o confronto Botafogo x Fortaleza. Trata-se da última partida do Botafogo arbitrada por este contra o Altético Mineiro. Segundo a reportagem, um gol deveria ter sido marcado para Diego Costa, o que daria ao seu clube o empate em 1 a 1. A divulgação do relatório foi acompanhada da mensagem: “Dia de jogo. Apitos, todos precisam melhorar o jogo”, conforme relatado Globo Esporte. Mas obviamente o americano lembrou-se rapidamente das sanções, porque as retirou. Problema, a internet não esquece esse tipo de coisa, e a federação poderia muito bem repreendê-la novamente.

Resumindo

John Textor colocou nova pressão sobre um árbitro nas redes sociais antes da próxima partida do Botafogo no Brasil. Ele postou em sua conta X antes de deletar imediatamente sua mensagem na internet.

READ  Brasil: Primeiro treino da Seleção Feminina

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *