um cachorrinho de rua se refugia em um presépio de Natal, sua história movimenta a web

um cachorrinho de rua se refugia em um presépio de Natal, sua história movimenta a web

À medida que as férias de fim de ano se aproximam rapidamente, descubra a comovente história de um cachorrinho perdido que encontrou abrigo em um presépio de Natal para passar a noite.

É sabido: as comemorações de fim de ano rimam com grandes histórias. Boa notícia, a redação desenterrou a comovente história de um cachorrinho de rua que chocou o Brasil em 2008. O motivo? O pequeno cão pastor alemão refugiou-se num presépio de Natal para tirar uma boa soneca.

Crédito da foto: YouTube

Como aponta o Daily Express, o presépio gigante foi instalado no exterior de uma igreja, localizada na praça central de uma cidade do estado brasileiro de Santa Catarina.

Não tendo para onde ir, a bola de pelos, que vagava pelas ruas, não hesitou em tirar uma soneca na manjedoura do menino Jesus. Não é novidade que essa cena, tão comovente quanto comovente, atraiu a atenção dos moradores.

A história do cachorrinho se tornou viral

Segundo o Daily Express, os espectadores correram para captar este momento inesperado. Nas imagens, o jovem cachorro parece calmo enquanto um anjo cuida dele. Fotos do pastor alemão dormindo na creche rapidamente correram o mundo.

Crédito da foto: YouTube

Na época, todo mundo falava sobre isso nas redes sociais: “Espero que alguém o tenha acolhido e essa pessoa lhe dê um pouco de amor, coitado“,”Isso é tão doloroso! Espero que alguma alma gentil tenha dado a ele um lugar para ficar“, poderíamos ler entre as muitas reações.

À medida que a véspera de Natal se aproxima, esperamos que o doce pastor alemão tenha encontrado um lar amoroso.

Crédito da foto: YouTube

READ  Fórmula 1 | Os dois Haas F1 no Q3, o primeiro desde o GP do Brasil de 2019
Assine a Newsletter Demotivador!

Ao inserir seu endereço de e-mail, você concorda em receber nossa newsletter

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *