Um novo ataque de hackers a um petroleiro iraniano falha

Teerã | Na terça-feira, a agência de notícias ISNA disse, citando uma fonte militar, que os piratas tentaram pela segunda vez em duas semanas atacar um petroleiro iraniano no Golfo de Aden.

A fonte militar disse que o petroleiro se dirigia ao estratégico estreito de Bab al-Mandab na segunda-feira, quando seis piratas a bordo de quatro barcos tentaram apreendê-lo, mas foram forçados a fugir após tiros de advertência da marinha iraniana.

Em 16 de outubro, piratas já lançaram um ataque a um comboio de dois petroleiros iranianos no Golfo de Aden. A marinha iraniana que acompanhava os petroleiros abriu fogo contra eles, fazendo com que fugissem.

O estreito de Bab el-Mandeb, que conecta o Mar Vermelho ao Golfo de Aden, é usado por muitos navios-tanque que viajam para a Europa pelo Canal de Suez ao norte.

As forças navais iranianas patrulham a área desde 2008 para proteger os navios de contêineres e petroleiros do Irã ou fretados de outros países.

Os ataques geralmente são obra de piratas somalis. De acordo com a Agência de Segurança Marítima do Reino Unido (UKMTO), sua frequência diminuiu nos últimos anos, graças aos esforços de segurança desenvolvidos em águas internacionais.

READ  Seu desaparecimento agita a América: seu pai apela para sua família

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *