Vladimir Putin derrotou os republicanos antes da Ucrânia

Vladimir Putin derrotou os republicanos antes da Ucrânia

A chegada de Donald Trump ao cenário político foi um verdadeiro presente para o presidente russo.

Este último nunca perdeu a oportunidade de semear a discórdia entre o concorrente americano, mas não creio que esteja errado ao dizer que os últimos oito anos produziram lucros que excedem os investimentos.

Depois de interferirem nas eleições de 2016 e 2020, os hackers russos voltarão a fazê-lo em 2024 e podem agora contar com as autoridades eleitas republicanas para espalhar a desinformação.

Os hackers estão melhorando

Os hackers russos foram particularmente eficazes na promoção da candidatura de Bernie Sanders em 2016, para grande consternação de Hillary Clinton, e posteriormente beneficiaram da cumplicidade de Donald Trump (directa ou indirecta).

Este último solicitou-o explicitamente durante um discurso antes de preferir as palavras de Vladimir Putin às informações obtidas pelos serviços de inteligência americanos.

Na verdade, esses hackers não operam exclusivamente nos Estados Unidos. Na sua tentativa de influenciar o resultado do conflito na Ucrânia, visam também a Alemanha, a França e a Polónia.

O que é ainda mais alarmante é que agora eles estão usando inteligência artificial para multiplicar a falsificação excessiva (Falsificações profundas), roubando dados confidenciais e transmitindo a sua desinformação em múltiplas plataformas através de contas falsas como “People Say” que ainda pode ser referenciada no X (antigo Twitter).

Venda sua alma para Putin

Já faz algum tempo que penso em Ronald Reagan. O homem que os republicanos consideraram um dos maiores presidentes do seu partido estaria se revirando no túmulo se lesse as declarações de um número crescente de autoridades eleitas pelo Partido Republicano.

Não são nem mesmo os Democratas que condenam recentemente as mentiras propagadas dentro do Partido Republicano, mas sim os membros influentes do Partido Republicano que o fazem! Michael McCaul, que preside a Comissão dos Negócios Estrangeiros, falou ontem sobre um verdadeiro vírus conspiratório.

READ  Uma mulher foi presa por abordar Trump durante seu julgamento civil em Nova York

E aqueles que sofrem com isso estão repetindo a desinformação russa literalmente em conluio com alguns meios de comunicação como a Fox News ou o seu antigo apresentador Tucker Carlson. O ex-candidato presidencial e senador por Utah, Mitt Romney, usou as palavras mais duras quando se referiu a um comportamento que equivalia a traição.

Talvez ainda mais preocupante do que o que acabei de mencionar é o facto de muitos responsáveis ​​republicanos eleitos agirem não apenas por oportunismo, mas porque sentem uma afinidade sincera com o que Vladimir Putin está a propor.

Parecemos vê-lo como um aliado, ou um líder que encarna uma versão de conservadorismo que propõe um estilo autoritário ao mesmo tempo que exacerba um nacionalismo tão manifesto como o defendido por Viktor Orbán e Donald Trump.

O que estes “novos colaboradores” parecem não compreender é que Putin só quer enfraquecer os Estados Unidos, que a relação é unilateral e que eles são apenas fantoches de um manipulador com grande talento.

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *