Bertrand Dupont, este bretão radicado no Brasil, é o candidato de direita na América Latina

Hoje nos encontramos com Bertrand Dupont, candidato de Les Républicains, da UDI e do Novo Centro para a deputação do 2º círculo eleitoral de franceses residentes no exterior, América do Sul e Central e Caribe.

Uma aplicação de experiência e ancoragem

Neste podcast, Bertrand Dupont vai direto ao ponto. Sua candidatura, para ele, é a de expatriados do continente. Vive neste continente há 26 anos, mais de 10 países visitados, e um compromisso diário com os seus compatriotas no âmbito das suas funções como Presidente da União dos Cidadãos Franceses no Exterior no Brasil, como Presidente da Associação dos Bretões de São Paulo e como Assessor dos Franceses no Brasil.

O candidato Les Républicains, portanto, destaca sua ancoragem contra os Walkers. Como recorda, se a deputada cessante (LREM/Renascimento) não voltar a concorrer é porque abandonou o círculo eleitoral, e isso desde o início do mandato. De fato, Paola Forteza se concentrou no XV arrondissement de Paris, onde concorreu para se tornar prefeita do arrondissement. Um fracasso que Macronie o faz pagar ao escolher um novo candidato, Eléonore Caroit. Se este último tem a nacionalidade de Santo Domingo (país do círculo eleitoral), também e sobretudo se estabeleceu há muito tempo na Suíça. Ela também é Conselheira dos Franceses na Suíça, eleita em uma lista do LREM em 2021.

Para Bertrand Dupont, um deputado deve conhecer seu eleitorado e os problemas de seus compatriotas no local, muito diferentes dos encontrados na Europa. Ele nos lembra logicamente de seu compromisso associativo e consular diariamente.

Bertrand Dupont em campanha em Bogotá (Colômbia) com franceses do país

Um mandato para resolver os problemas

Se Bertrand Dupont é candidato a Les Républicains, UDI e New Center, para ele, sua candidatura é a de todos os franceses da América do Sul. Ele pretende se mobilizar para resolver os diversos problemas que vão muito além das divisões políticas.

READ  Casos de COVID voltam a aumentar no Brasil

O acesso aos consulados e a educação estarão no centro das medidas que ele deseja levar à assembléia. Para o candidato, os franceses de seu círculo eleitoral são vítimas dos cortes orçamentários dos governos de Emmanuel Macron. Para Bertrand Dupont, seu mandato será o do fim do abandono dos franceses no continente. Para isso, pretende multiplicar os acordos bilaterais entre a França e os Estados desta área geográfica.

Mas ele não esquece as lutas parisienses. Apoiado pelo Senado, Bertrand Dupont pretende acabar com a cobrança do CSG sobre os rendimentos tributáveis ​​na França.

Uma equitação vencível

Durante a eleição presidencial, Emmanuel Macron fez algumas de suas piores pontuações nos consulados dos países sul-americanos. O NUPES optou por lançar de pára-quedas a assessora de Jean-Luc Mélenchon no cenário internacional em vez de escolher sua gerente para os franceses no exterior, Florence Poznanski, que está bem estabelecida no país. Bertrand Dupont deduz disso, logicamente, que há espaço para uma aplicação em campo.

Ouça o podcast com Bertrand Dupont

Encontre nossos podcasts em suas plataformas favoritas

  • Mathieu Hutin está sediado entre a França e a Suíça. Além de artigos e podcasts para Lesfrancais.press, é editor-chefe da rádio H20 em Savoie.

    Ver todas as postagens

Deixe um comentário

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *