Biden recupera áreas protegidas cortadas por Trump

(Washington) O governo de Joe Biden reverterá as decisões de Donald Trump de cortar três áreas protegidas de parte de sua área de superfície, continuando assim a reverter o desastroso histórico ambiental de seu predecessor.


Ao restaurar (área) estes “três monumentos nacionais” […]”O presidente Biden cumpre uma promessa importante e defende o firme princípio de que os parques nacionais, monumentos e outras áreas protegidas dos EUA devem ser protegidos para sempre e para todos”, escreveu a Casa Branca em um comunicado.

Os Monumentos Nacionais Grand Staircase-Escalante, ambos localizados em Utah (oeste), e os monumentos nos Vales e Montes Submarinos do Nordeste, no Oceano Atlântico ao largo de Massachusetts, recuperarão assim suas proporções originais.

O Grand Staircase-Escalante cairá de cerca de 4.000 km2 A uma distância de mais de 7500 km2 E o Bears Ears, que está reduzido a 926 quilômetros quadrados, vai crescer um pouco desde que o governo Biden decidiu mantê-los em 45 quilômetros2 Adicionado por Donald Trump, com um novo total de mais de 5.500 km2.

A área de água dos Montes Marinhos e do Nordeste também está sendo restaurada e a Casa Branca anuncia que a pesca de caranguejos vermelhos e lagostas americanas será reduzida gradualmente até ser proibida em 15 de setembro de 2023.

Espera-se que Joe Biden assine o decreto na sexta-feira, segundo a imprensa americana.

Ele, portanto, protege o balanço de seus antecessores democratas Barack Obama, que criou o monumento Bears Ears em 2016, e Bill Clinton, que criou a Grand Staircase Escalante em 1996.

A decisão de Donald Trump de esculpir essas três áreas protegidas gerou o escândalo das tribos nativas americanas envolvidas e dos conservacionistas.

READ  Exército americano Rabos de cavalo, tranças e brincos agora são permitidos

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *