Brasil sob o feitiço da “fada” do skate

(São Paulo) Sem necessidade de varinha mágica: com seu skate e seu sorriso radiante, Rayssa Leal, apelidada de “a fada”, conquistou o Brasil ao se tornar a mais jovem medalhista olímpica da história do país, com apenas 13 anos, pegando prata nos Jogos de Tóquio na segunda-feira.


As redes sociais são a favor: uma das palavras-chave mais populares no Twitter é #Euacreditoemfadas (Eu acredito em fadas), usada em particular por celebridades e figuras políticas de todos os matizes.

Eram quase 2 da manhã no Brasil quando ela subiu ao pódio após o evento de rua – vencido pelo compatriota japonês Momiji Nishiya, de 13 anos – mas o país inteiro vibrou em uníssono.

“Ainda não consigo acreditar, mas sinto que foi uma conquista histórica. Sei que muita gente treinou durante anos para estar aqui e é muito gratificante trazer uma medalha de volta ao Brasil ”, disse ela à TV Globo.

Além de seus números impressionantes, é sua atitude que deixou todo um país encantado, com pequenos passos de dança entre as voltas e um abraço comovente com a filipina Margielyn Arda Didal, diminuída na final por causa de uma lesão.

Nascida no Maranhão, estado pobre do Nordeste brasileiro, Rayssa Leal foi apelidada de “fadinha” aos sete anos, graças a um vídeo em que a vemos fazendo um “heelflip”, uma das figuras. o mais difícil do skate, disfarçado de fada azul.

Este vídeo se tornou viral em todo o mundo depois de ser compartilhado pela lenda viva do skate Tony Hawk, que o conheceu enquanto treinava em Tóquio.

READ  O vírus das notícias falsas (7/9) | Comunicação como emancipação

Sua medalha de prata e carisma eclipsaram os resultados decepcionantes de outras brasileiras neste evento feminino de rua, com as eliminações antecipadas de duas outras candidatas ao pódio, Pamela Rosa e Letícia Bufoni.

No Twitter, a façanha do adolescente foi saudada tanto pelo Instituto Lula, do ex-presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva, quanto pelo deputado Eduardo Bolsonaro, um dos filhos do extremista presidente. certo Jair Bolsonaro.

“Bravo ao nosso pequeno gigante por esta grande atuação e por ser um exemplo tão bom para os jovens”, escreveu o jogador de futebol Dani Alves no Instagram, que participa de sua primeira Olimpíada pela Seleção, aos 38 anos.

O ex-time do FC Barcelona e do Paris SG também apelou às autoridades de seu país para “investir mais no esporte e nos atletas”.

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *