Casos de COVID voltam a aumentar no Brasil

Casos de COVID voltam a aumentar no Brasil

Os casos de COVID-19 voltaram a aumentar nas últimas semanas no Brasil, deixando os cientistas temerosos de uma 4ª onda da pandemia que tornou este país o segundo mais enlutado do mundo.

• Leia também: Ascensão de variantes: “há mutações preocupantes”

• Leia também: 1.067 quebequenses COVID-positivos hospitalizados

O Ministério da Saúde do Brasil informou na quinta-feira (últimos números disponíveis) 41.273 novos casos de COVID-19 nas últimas 24 horas. Há duas semanas, o número era de 10.415, depois de ter evoluído em abril entre 10.000 e 20.000 novos casos.

Os epidemiologistas já falam na chegada de uma 4ª onda à medida que o inverno austral se aproxima, que afeta particularmente o Sul, neste país onde a pandemia já matou quase 667.000 pessoas desde o seu aparecimento em março de 2020, o pior recorde atrás dos Estados Unidos.

“Este aumento (de casos) é explicado pelo fim do uso de máscaras em espaços fechados, a chegada da estação fria, o aparecimento de subvariantes de omicron (…) e a baixa adesão (da população) à vacina reforços”, explica Ethel Maciel, epidemiologista da Universidade Federal do Espírito Santo.

O número de mortes diárias subiu para 127 na quinta-feira neste país de 213 milhões de habitantes, segundo as estatísticas oficiais, e marcou apenas um ligeiro aumento em relação a meados de maio.

Mas o governo do estado de São Paulo, que tem 46 milhões de habitantes, voltou a recomendar o uso de máscaras em espaços fechados tendo em vista o aumento de 120% nas internações de pacientes com COVID em maio.

Quase 80% da população brasileira já foi vacinada.

READ  Um ar do Brasil em Espelette

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *