Entenda a condenação de Lula e o escândalo da Petrobras em 8 perguntas

Entenda a condenação de Lula e o escândalo da Petrobras em 8 perguntas

É uma selfie muito famosa do Brasil que acaba de fazer um grande sucesso. O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, 71 anos, foi condenado na quarta-feira, 12 de julho, a nove anos e seis meses de prisão sob a acusação de corrupção e lavagem de dinheiro.

Porém, Lula, como é chamado, continua um homem livre, pois pretende recorrer da condenação. Portanto, um novo tribunal irá apreciar este caso, que há vários meses abala o país.

1. Por que isso é importante?

Esta é a primeira vez na história brasileira que um ex-chefe de Estado é condenado por corrupção. É uma grande derrota para este ícone da esquerda brasileira, que tinha sérias ambições para as eleições presidenciais de 2018. Lula foi um ex-metalúrgico e sindicalista que liderou o país de 2003 a 2010.

2. Do que ele é acusado?

Lula foi condenado por aceitar 3,7 milhões de reais (pouco mais de 1 milhão de euros), incluindo um apartamento num balneário perto de São Paulo, da empresa de engenharia OAS, em agradecimento pela sua intervenção na adjudicação de contratos com a petrolífera Petrobras . .

Esta empresa está no centro do maior escândalo de corrupção do Brasil, revelado pela chamada investigação “Lava Jato”.

3. O que é “Lava Jato”?

A Operação “Lava Jato” (“lavagem rápida” em português) foi originalmente uma simples investigação lançada em março de 2014 em postos de gasolina. Três anos depois, transformou-se em escândalo estatal ao levantar denúncias de corrupção ligadas à petrolífera Petrobras. Os crimes mais comuns são:

  • corrupção;
  • Desvio financeiro.
  • Lavagem de dinheiro ;
  • Conspiração.

Dezenas de líderes empresariais, executivos, corretores e políticos de todos os lados já estão atrás das grades. Nesta investigação, os juízes emitiram sentenças de prisão totalizando mais de 1.300 anos.

READ  IndyCar e Shell em combustíveis 100% renováveis ​​a partir de 2023

4. O que revela este grande escândalo?

Na década de 2000, a gigante petrolífera Petrobras, empresa pública (que portanto pertence ao Estado), solicitou projetos a construtoras. As contas destes contratos eram exageradas: custavam ao Estado muito mais do que normalmente deveria suportar.

12,7 mil milhões de euros desapareceram dos cofres do Estado

A diferença entre quanto o serviço deveria custar e o que realmente custava equivalia a algum suborno. Este dinheiro foi doado a vários partidos políticos, incluindo os partidos da coligação no poder. Isto significa, indiretamente, aqueles que encomendaram contratos superfaturados.

Neste sistema, os fundos estatais são desviados. A polícia estima o valor total que desapareceu dos cofres do Estado brasileiro em cerca de 12,7 mil milhões de euros.

5. Quantos políticos foram apanhados neste escândalo?

Em 11 de abril, o Supremo Tribunal Federal (TSF), a mais alta corte do Brasil, anunciou a abertura de uma investigação massiva sobre:

  • 8 ministros do governo;
  • 29 deputados;
  • 42 senadores;
  • 3 ex-presidentes: Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso.

6. Como Lula se defende?

Lula afirma ser vítima de uma caça às bruxas e sempre negou as acusações contra ele, dizendo que não se baseiam em nenhuma prova concreta. Pouco depois da decisão, o Partido Trabalhista, que fundou na década de 1980, convocou manifestações e denunciou a sua condenação. “Um político por excelência.”

7. Lula poderá um dia voltar a ser presidente?

Em sua decisão, o juiz Moro, considerado herói por grande parte da população, impediu que o ex-chefe de Estado o fizesse “Exercer uma função pública” O que reduz suas chances de concorrer às eleições presidenciais de 2018, nas quais Lula é considerado o candidato mais provável.

READ  Webhelp da França adquire OneLink

o mundo

oferta especial

O acesso a todo o nosso conteúdo é ilimitado 10,99 5,49€ por mês durante 1 ano.

beneficiar

Em junho, uma pesquisa realizada pelo jornal Folha o mostrou com 30% de intenções de voto, muito à frente de todos os outros potenciais candidatos. Se o simbólico ex-presidente for absolvido, ele poderá concorrer. Mas ele não saiu da crise, pois foi alvo de outras quatro investigações e enfrenta um sistema judiciário brasileiro conhecido pela lentidão.

8. Como o Estado lida com este escândalo?

Manifestantes elogiam a condenação de Lula nas ruas de Brasília em 12 de julho.

O anúncio da condenação de Lula na quarta-feira rapidamente provocou reações intensas no Brasil, onde o primeiro chefe de estado da classe trabalhadora do Brasil se tornou amado e odiado ao mesmo tempo.

As tensões políticas e sociais podem agravar-se neste país, que atravessa actualmente uma grave crise política. O atual presidente Michel Temer, alvo de graves acusações de corrupção, poderá ser demitido antes do final do mandato, assim como a ex-presidente Dilma Rousseff (que pertence ao mesmo partido político de Lula), a quem substituiu no ano passado como chefe do estado.

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *