Fornecer fotocópias de cartas de crédito ao Ministro das Relações Exteriores: Novos Embaixadores do Brasil e da África do Sul no Benin

Fornecer fotocópias de cartas de crédito ao Ministro das Relações Exteriores: Novos Embaixadores do Brasil e da África do Sul no Benin

Os novos embaixadores do Brasil e da África do Sul no Benin apresentaram cópias de suas credenciais, respectivamente, ao Ministro das Relações Exteriores e Cooperação, na quarta-feira, 20 de janeiro. No mesmo dia, o Ministro recebeu cartas do Gabinete do Novo Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e do Novo Representante Residente do UNICEF no Benin.

Dois embaixadores credenciados no Benin forneceram fotocópias de suas credenciais ao Ministro das Relações Exteriores e Cooperação, Aurélien Agbénonci. Regina Célia de Oliveira Bittencourt é a nova embaixada e nova comissária da República Federal do Brasil perto do Benin. Nascida em 28 de junho de 1955 em Alaguínhas Bahia, formou-se em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em 1978 e pela Academia Diplomática do Instituto Rio Branco em 1983. Trabalhou em Burkina Faso desde 2014 antes de sua nomeação no Benin. Regina Célia de Oliveira Bettencourt pretende estreitar os laços de cooperação do seu país com o Benin, pois, como diz, existe muito interesse pela África no Brasil. “Os brasileiros vêm regularmente ao Benin para encontrar suas raízes”, observa a diplomacia, que se alegra com os traços comuns que Benin e seu país têm em comum. “Quando chegamos aqui, vemos que temos muito em comum. Nossa cultura, nossa música, nossas danças, folclore, gastronomia e também religiões”.
A nova embaixadora da África do Sul no Benin, Robina B. Marx, com satisfação que as relações do Benin com o seu país são muito antigas. Ela informou que faria de tudo para solidificar esses laços de amizade. Lembrando que Benin e África do Sul compartilham as mesmas prioridades, o diplomata sul-africano pretende trabalhar para o impacto do setor de abacaxi, entre outras coisas. “Quando cheguei ao Benin, provei o seu abacaxi, que é muito doce. Gostaria de saber que experiência deveria ser colocada em prática para fortalecer este setor”, Robina B. Marx, o novo embaixador da África do Sul no Benin.

READ  As cinco prioridades de Lewis Blomondon

Renovação dos órgãos do sistema das Nações Unidas

Aurelene Agbanisi também recebeu a nova Coordenadora Residente do sistema das Nações Unidas no Benin. Salvatore Niyonzima, de nacionalidade do Burundi. Nascido em 30 de abril de 1959, ele possui um diploma de pós-graduação em gestão de HIV / AIDS no local de trabalho, obtido em 2003 na África do Sul, após obter em 1993 o título de mestre em gestão pela California State University. Geral. “Vim trabalhar com o governo do Benin para o desenvolvimento sustentável no Benin”, comprometendo-me a trabalhar por sinergias das ações da ONU, a fim de alcançar resultados tangíveis de acordo com o quadro de cooperação existente entre o governo e várias agências da ONU. “Estamos prontos e vamos começar a trabalhar”, disse.
Djjanabu Mahundi, camaronês, é o novo Representante Residente da UNICEF no Benin. No final da sua conversa face a face com o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, ela expressou a sua felicidade por estar no Benin para promover os direitos das crianças, jovens e mulheres. “Estou satisfeito em ver que a República do Benin fez um ponto central na garantia dos direitos das crianças, especialmente nos campos da educação, sobrevivência infantil e sua proteção e no campo da água e higiene. Espero que nos próximos anos possamos fortalecer esta estreita cooperação existente entre o governo do Benin e a UNICEF”, informou o representante O novo UNICEF residente no Benin.

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *