Atual campeão olímpico, Brasil dá o tom no futebol masculino

Richarlison foi a vela de ignição do Brasil com um recorde de três gols. Obviamente em excelente forma, a seleção encontrou uma brecha na defesa alemã graças a passes e chutes precisos que a permitiram ser muito mais explosiva que suas rivais.

A estrela da partida abriu o placar aos 7 minutos após uma assistência de Anthony. O primeiro chute do brasileiro foi bloqueado pelo goleiro Florian Mueller, mas ele agarrou a volta para sacudir as cordas. Cerca de quinze minutos depois, Richarlison voltou ao ataque, redirecionando a bola com a cabeça para a gaiola adversária.

Futebol: Brasil vence por 4-2 a Alemanha

Foto: Getty Images / Toru Hanai

Ainda não satisfeito, o jogador do Everton club no Campeonato Inglês registrou um terceiro gol, aos 30 minutos, que passou para a ponta esquerda do goleiro alemão.

Mueller teve a oportunidade de se resgatar nos acréscimos do primeiro tempo. Após a bola acertar o braço de um dos companheiros, o goleiro fez uma excelente defesa na cobrança de pênalti, caindo para a direita para frustrar Matheus Cunha.

Uma renovação de vida

Nadiem Amiri finalmente colocou a Alemanha no placar aos 55 minutos. Já com dois gols atrás, a equipe ficou sem o capitão Maximilian Arnold, expulso aos 61 minutos após receber o segundo cartão amarelo.

A Mannschaft reviveu nos anos 82, após um cabeceamento de Ragnar Ache, mas os brasileiros encerraram esta reviravolta com o último golo do encontro, o de Cunha, nos acréscimos.

No domingo, no Grupo D, o Brasil enfrenta a Costa do Marfim, enquanto a Alemanha enfrenta a Arábia Saudita.

México serve a uma correção para a França no futebol masculino

Os mexicanos derrotaram facilmente os franceses por 4 a 1 para iniciar seu torneio olímpico. Privado de vários jogadores que não foram dispensados ​​por seu clube, o Blues apresentou um desempenho muito ruim.

READ  Neymar responde a uma ofensiva de Vidal

Os mexicanos dificultaram a vida dos franceses ao longo do jogo, principalmente no segundo tempo. Aos 47 minutos, o ala Ernesto Vega rematou para o fundo da rede com um cabeceamento ao redirecionar um cruzamento da pepita do Real Betis Diego Lainez.

Oito minutos depois, Carlos Rodriguez aproveitou a reviravolta para mandar a bola para trás da defesa adversária. Sozinho na frente do goleiro Paul Bernardoni, Francisco Cordova executou seu meio-vôlei com perfeição para dobrar a vantagem do México.

Os jogadores do México comemoram depois de um gol contra a França.

Futebol: México vence a França

Foto: The Canadian Press / Shuji Kajiyama

André-Pierre Gignac reduziu a diferença com um pênalti no 69º, mas os substitutos Carlos Antuna e Eduardo Aguirre marcaram por sua vez para acertar o caixão dos Blues.

Austrália vence Argentina

Em uma partida extremamente física em que foram cometidas 32 faltas, a Austrália levou a melhor sobre a Argentina por 2-0.

Depois que Lachlan Wales abriu o placar aos 14 minutos, o zagueiro argentino Francisco Ortega recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso do jogo.

Os australianos comemoram a vitória contra os argentinos após uma partida intensa.

Futebol: Austrália domina Argentina por 2-0

Foto: afp via getty images / ASANO IKKO

Com falta de um homem por mais de 45 minutos, os argentinos tentaram bem voltar a subir ladeira, mas Marco Tilio selou o resultado da partida com um gol aos 80 minutos.

Um total de 12 cartões amarelos foram atribuídos durante o jogo.

Egito enfrenta Espanha

Em uma partida em que as oportunidades de gol eram escassas, os egípcios conseguiram empatar em 0 a 0 com os rivais espanhóis, apesar de apenas um chute bem sucedido em três tentativas.

A Espanha, que acertou 5 de 10 chutes, aumentou a pressão no final do jogo, mas deu de cara com o goleiro Mohamed Elshenawy. Este último se destacou aos 88 minutos ao interromper um cabeceamento do atacante Rafa Mir.

Dois jogadores espanhóis tiveram que deixar o jogo depois de cair na batalha.

O defesa do FC Barcelona, ​​Oscar Mingueza, teve de ser substituído devido a uma lesão no tendão da perna esquerda. No final do primeiro tempo, o meio-campista e capitão da Espanha Dani Ceballos saiu de campo após ser atingido no tornozelo.

O Egito continua seu torneio no domingo contra a Argentina, enquanto a Espanha terá a Austrália como seu próximo adversário.

Costa do Marfim vence

O retorno da Arábia Saudita ao torneio de futebol masculino, a primeira desde os Jogos de 1996, foi marcado por uma derrota por 2 a 1 para a Costa do Marfim em uma partida do Grupo D em Yokohama.

Aos 38 minutos, o saudita Abdulelah Alamri tentou desviar a bola que acabou caindo na própria rede.

A decepção durou pouco, no entanto, com Salem Aldawsari igualando o placar pouco depois de um erro do companheiro de equipe com um belo chute à esquerda do goleiro marfinense.

Franck Kessie deu um excelente remate aos 66 minutos para marcar o golo da vitória.

Já a Nova Zelândia derrotou a Coreia do Sul por 1 a 0, graças ao goleiro Michael Woud.

Chris Wood viu seu gol anulado aos 70 minutos devido a um impedimento, exceto que a decisão foi posteriormente anulada após a análise do replay do vídeo.

A Coreia do Sul não desistiu, mas os neozelandeses se mantiveram firmes e conquistaram os três pontos atribuídos à vitória.

Outros resultados do dia:

  • Japão 1 – África do Sul 0
  • Romênia 1 – Honduras 0

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *