Nigéria proíbe viajantes da Índia, Brasil e Turquia

(Agência Ecofin) – A partir de terça-feira, 4 de maio, viajantes estrangeiros da Índia, Brasil e Turquia estão proibidos de chegar à Nigéria, devido a preocupações relacionadas ao Covid-19. A informação vem do comitê presidencial nigeriano responsável pelo gerenciamento da pandemia, em nota divulgada neste domingo.

“Portadores de passaportes não nigerianos e não residentes que visitaram o Brasil, Índia ou Turquia nos quatorze (14) dias anteriores à sua viagem para a Nigéria, terão sua entrada negada na Nigéria”, disse Boss Mustapha, presidente do comitê de direção presidencial do COVID-19.

O anúncio da Nigéria tem como pano de fundo um agravamento relativo da situação da saúde nestes três países emergentes. Índia, Brasil e Turquia são, respectivamente, o 2º, 3º e 5º países mais afetados no mundo, com 19,6 milhões de casos cumulativos oficiais para 3,3 milhões de casos ativos (Índia), 14,7 milhões de casos cumulativos para 1,07 milhões de casos ativos (Brasil) e 4,84 milhões casos cumulativos para 403.000 casos ativos (Turquia).

Mais ainda, o sistema de saúde indiano, que luta contra o ressurgimento do vírus, está sob pressão nas últimas semanas, com hospitais, necrotérios e crematórios lotados e falta de oxigênio em vários centros de saúde. O subcontinente, com uma população comparável à da África como um todo, relatou mais de 300.000 casos diários por mais de 10 dias consecutivos.

Por sua vez, enquanto a Turquia entrou em “contenção total” esta semana, por duas semanas, com o objetivo de conter um novo surto de casos e mortes, no Brasil os números continuam relativamente elevados, apesar da queda da pressão. desde março.

Até o momento, a Nigéria, o país mais afetado em termos absolutos na África Ocidental, tem pouco mais de 165.000 casos oficiais de Covid-19, ou 785 casos por milhão de habitantes, por pouco mais de 2.000 mortes. Isso o coloca muito atrás desses três países visados ​​por restrições de viagens (respectivamente, 216.000 mortes na Índia, 406.000 no Brasil e cerca de 40.000 na Turquia).

READ  Em um Brasil em meio a uma pandemia, um padre muito popular se mobiliza pelos sem-teto

Ayi Renaud Dossavi

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *