Na Espanha, os franceses estão aproveitando

Na Espanha, os franceses estão aproveitando

Eles representam um em cada cinco turistas de Madrid e ficam felizes em abrir restaurantes, museus e boates fechados na França.

Como um pouco de ar de liberdade. Em algumas províncias da Espanha ainda estão abertos museus, óperas, teatros, cinemas, restaurantes, bares e discotecas. Para os turistas estrangeiros que ali passam, principalmente franceses e franceses, é uma bênção dos céus.

“As pessoas querem viver normalmente.”

“É a vida real, sentimos muita falta na França”, admite um deles à BFMTV, de férias em Madrid. Outro ri: “Mais cerveja, mais liberdade.” Assim, os franceses estão particularmente presentes na terra de Cervantes e representam até um em cada cinco turistas na capital espanhola. “Eles consomem muita cerveja e café”, disse o proprietário de um restaurante à BFMTV.

Se for imposto um toque de recolher (22h ou 23h, dependendo do distrito), cada condado é livre para tomar medidas adicionais ou não. Alguns fecham bares e restaurantes, outros definem o horário de funcionamento e outros pedem fechamento no início da noite, especialmente às 21h.

Assim, permite aos turistas comer ou beber algo, na varanda ou no interior, o que já não é possível em França. Nas casas noturnas, os clientes devem permanecer sentados à mesa e proibidos de dançar. O que não é fácil de aplicar, reconhece a garçonete.

“É difícil por causa da atmosfera e da música”, ela confessou à BFMTV. “As pessoas querem viver normalmente.”

PIB diminuiu 11%

Com a queda do PIB – menos 11% no ano passado – algumas províncias optaram por se concentrar na economia e no retorno dos turistas, arriscando ver a taxa de infecção explodir – 796 casos por 100.000 habitantes. Na capital, Madrid, a nova poluição diária é quatro vezes maior do que em Paris.

READ  G7: Um plano de infraestrutura global para combater a China

Depois de decretar na primavera de 2020 um dos casos de encarceramento mais rigorosos do mundo, que causou um choque na população, o governo espanhol atualmente se recusa a impor tal medida novamente. No entanto, no início desta semana, ele anunciou restrições rígidas aos voos da África do Sul e do Brasil devido a preocupações com variantes do coronavírus que foram descobertas nesses dois países.

A Espanha, um dos países europeus mais afetados pela epidemia, já ultrapassou 60.000 mortes devido ao Coronavírus.

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *